sexta-feira, 29 de junho de 2012

Santos populares e sardinhas assadas

Afinal, a beldroega não acertou nos resultados do campeonato de futebol e sempre vamos ter que comê-la mais cedo. Adeus Euro 2012, até para a próxima. Mas a vida continua e hoje é Dia de S. Pedro, aproveitemos o que ainda resta do dia  e da noite para festejar o último dos santos populares. Pois, como diz a canção:
"Santo António já se acabou,
O São Pedro está-se a acabar
São João, São João
Dá cá um balão para eu brincar".

Um pouco por todo o lado, Portugal festeja conforme manda a tradição. Enfeitam-se as ruas de cores. Desfilam as marchas populares e sobretudo baila-se muito à volta ou não do mastro. No ar paira o aroma dos manjericos e da sardinha assada.









O mês de Junho está a terminar e muito se fala do Santo António e do S.João que se celebram respectivamente a 13 e a 24, mas o S. Pedro?

S. Pedro é um dos santos mais antigos da religião católica, e primeiro dos Apóstolos de Jesus.
O seu verdadeiro nome era Simão, o Pescador, mas foi baptizado “Pedro” por Jesus, nome significando pedra, porque seria ele a "pedra sobre a qual se iria construir a igreja cristã.  
S. Pedro é o guardião das portas do céu, por isso é representado com um molho de chaves na mão. Mas, ele é também responsabilizado pela falta ou abundância de chuva, e pelo estado do tempo. Além de Santo António e São João, também S. Pedro é casamenteiro. Ele é o santo que ajuda os padeiros, os homens dos talhos, os construtores de pontes e de barcos, os sapateiros, as pessoas com dores nos pés, com febres.
Este é também o santo que protege os pescadores, e que se invoca quando há tempestade no mar.
Por isso, o que importa é que ele esteja bem-humorado, e que ajude os nossos pescadores a trazerem as traineiras com sardinhas bem gordinhas e sumarentas.  Pois, o Verão chegou e já cheira a férias. Os dias são mais longos e a disposição é maior para o convívio e para os almoços e petiscos partilhados entre amigos. 
Não sei o que pensam, mas para mim, um Verão sem sardinhas assadas é como um jardim sem flores. Então, venham elas.
 SARDINHAS ASSADAS
Ingredientes
Sardinhas
Batatas
Tomates
Pepino
Pimento verde
Alface
Sal
Azeite
Vinagre
Cebola
Óregãos

Lave e tire as escamas às sardinhas sem as amanhar. Deite umas pedrinhas de sal e asse num fogareiro. Entretanto coza umas batatas com casca.
Logo que as sardinhas estiverem assadas, sirva de imediato, com uma salada de tomate, pepino, alface, cebola  e pimentos assados. Temperar tudo com azeite, vinagre, sal e óregãos.
No Alentejo costuma-se pôr a sardinha sobre o pão, que no final se come impregnado do suco que absorveu da sardinha. Uma maravilha!


Se lhe sobrar comida, não deite fora. Corte as batatas, o peixe, o tomate, o pepino, o pimento, tudo em pedaços pequenos. Ponha numa travessa, volte a rectificar os temperos com azeite e vinagre. Deite umas folhas de coentros e misture tudo. Sirva como petisco.
Bom apetite e viva o verão!




Sem comentários:

Publicar um comentário